quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tempo com o Noivo


Paz de Cristo galerinha...
EU VOLTEI AGORA PRA FICAR rsrs... Que loucura foram esses ultimos meses, a faculdade, a dança e os compromissos da igreja me consumiram totalmente, mas agora que estou de férias posso voltar a me dedicar ao meu blog querido e a vocês leitores amados que nunca me abandonam (obrigada por isso)...
Hoje quero compartilhar com vocês uma palavra que vem ardendo em meu coração já há alguns meses...
Vamos todos abrir em Cantares de Salomão 5: 2-8.


Eu estava quase dormindo, mas o meu coração estava acordado. Escutem! O meu amado está batendo: Abra-me a porta, minha irmã, minha querida, minha pomba, minha mulher ideal, pois a minha cabeça está encharcada de orvalho, o meu cabelo, da umidade da noite.Já tirei a túnica; terei que vestir-me de novo? Já lavei os pés; terei que sujá-los de novo?
O meu amado pôs a mão por uma abertura da tranca; meu coração começou a palpitar por causa dele.Levantei-me para abrir-lhe a porta; minhas mãos destilavam mirra, meus dedos vertiam mirra, na maçaneta da tranca.Eu abri, mas o meu amado se fora; o meu amado já havia partido. Eu quase desmaiei de tristeza! Procurei-o, mas não o encontrei. Eu o chamei, mas ele não respondeu.As sentinelas me encontraram enquanto faziam a ronda na cidade. Bateram-me, feriram-me; e tomaram o meu manto, as sentinelas dos muros!Ó mulheres de Jerusalém, eu lhes faço jurar: se encontrarem o meu amado, o que dirão a ele? Digam-lhe que estou doente de amor.


Gosto muito desse livro, Deus sempre fala comigo de forma muito profunda quando medito em Cantares, esse texto retrata a história da esposa que é procurada por seu amado mas não o atende, depois ao se arrepender resolve abrir a porta mas seu amado já não está mais lá, então ela sai desesperada procurando por ele, ao se deparar com os guardas do portão ela acaba apanhando pois eles não a reconhecem.
Sabe queridos, podemos pegar esse texto e fazer uma comparação com o nosso relacionamento com Deus...
Somos sua noiva e Ele é o nosso Amado, e muitas vezes quando Ele bate a nossa porta acabamos por não abrí-la...
Uma coisa que me chama a atenção é que quando a esposa sai a procura do amado e se depara com os guardas, ela apanha porque não foi reconhecida por eles...
Quando a esposa estava com seu esposo ela ficava diferente, sabiam que ela havia estado com ele simplesmente pelo seu semblante, mas naquela noite ela não esteve com seu amado, seu semblante estava irreconhecível.
Quantas vezes as pessoas olham pra nós e não conseguem nos reconhecer como cristãos, não enxergam mais aquele brilho especial que somente os que estiveram na presença do Amado poderiam exibir, estamos longe do Amado, já não O representamos como antes, as pessoas já não O enxerga em nós.
Quantas vidas estão morrendo porque a noiva de Cristo não tem estado com seu Amado, quantas pessoas que teriam suas vidas transformadas apenas em olhar o brilho de Cristo em nós, estão perecendo porque não estivemos com nosso Amado.
Quantas vezes mais agiremos como essa esposa de Cantares?
O post de hoje é um convite para que a noiva (você) passe um tempo com seu Noivo, precisamos retornar para os braços do nosso Amado.
Até quando iremos apanhar pois as pessoas não nos reconhecem?
Mais uma vez eu digo, abram a porta para o Noivo, passe um tempo com Ele, somente assim as pessoas olharão para nós e reconhecerão a presença da pessoa mais incrível que existe e terão suas vidas transformadas.

Bom queridos leitores, essa é a palavra que Papai colocou em meu coração para compartilhar com vocês hoje, que nesse novo ano que irá se iniciar, não venhamos fechar a porta para o nosso Noivo.
Passe mais tempo na presença do seu Amado.

BjoO amores e até o próximo post e não deixem de conferir a página do PP no face (www.facebook.com/PrincesaDaPureza).

Shalom Yeshua...

Carta de Deus aos Solteiros