sexta-feira, 24 de maio de 2013

Visão distorcida


Hello galera...

Hoje venho falar a respeito de um assunto em que tenho meditado já alguns dias.
Tenho reparado que ultimamente as pessoas estão tendo uma ideia distorcida de quem é Deus.

Alguns pensam que Ele é muito ocupado pra se preocupar conosco, outros acham que Ele é muito antiquado pra se importar com os nossos problemas atuais, alguns acham que Ele é um carrasco que está sempre pronto a nos julgar e condenar, sempre esperando que a gente cometa algum pecado pra poder nos fuminar. A típica frase "Deus vai pesar a mão" é sempre muito usada no meio dos crentes, mas cara comecei a pensar, que Deus é esse que está sempre pronto a castigar todo mundo? Não parece ser o mesmo Deus que  um dia entregou o Seu único Filho pra morrer por todos nós.

Foi aí que Deus começou a falar comigo, eu estava lendo o livro "De volta a Cabana" continuação do livro "A Cabana" e um capítulo do livro destacou justamente esse ponto, não é que Deus tenha mudado de um Deus de amor, que entrega Seu Filho pra redimir a humanidade, a um Deus carrasco sempre pronto a pesar a mão em alguém que comete pecado, mas o fato é que o pecado distorce a nossa visão sobre Deus.

Voltemos até Adão e Eva, que quando viviam no jardim do Éden desfrutavam de um relacionamento de amor com Deus. A bíblia nos conta que todos os dias Deus descia ao jardim do Éden para se relacionar com Sua criação, mas teve um dia que quando Deus desceu no jardim, não foi como nos outros dias, agora Sua criação se escondia dEle.

Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim.
Mas o Senhor Deus chamou o homem, perguntando: "Onde está você?"
E ele respondeu: "Ouvi Teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava nu, por isso me escondi."
Gênesis 3:8-10

Nesse dia, Adão e Eva haviam pecado, agora já não mais desfrutavam da presença de seu Criador, mas se escondiam dEle.
Num dia Deus era Aquele que vinha se relacionar, envolvê-los no Seu amor, mas agora Deus se tornou o juíz, Aquele que não podia ver o que eles tinham acabado de fazer.
Como eu disse, o pecado distorce a nossa visão de Deus, Deus nunca mudou, o mesmo Deus de amor que criou todas as coisas e que depois da queda do homem se entregou numa cruz para a remissão de todos nós, é o mesmo Deus que ainda atua no presente.

Essa ideia de que Deus vai nos castigar o tempo todo acaba nos afastando ainda mais dEle, quando precisamos dEle ficamos com medo por pensar que Ele vai nos castigar de alguma forma.
Deus nunca castiga ninguém, Ele nos corrige, o castigo é uma punição, a correção é um ensinamento que nos leva a ser melhores do que éramos. E é isso que as pessoas não entendem.
Mas quando compreendemos que são os nossos pecados que nos fazem ver Deus de forma errada, nos deparamos de novo com o Seu amor incondicional, e daí encaramos a correção dEle, não como a punição do castigo, mas sim como a forma dEle manifestar o Seu amor por nós nos tornando pessoas melhores.

Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, e não desmaies quando por Ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama.
Hebreus 12:5-6

O meu desejo com esse post é que você perceba o quanto o pecado nos distanciou da verdadeira essência de Deus, e espero que ao lê-lo você possa conhecô-lO como Ele realmente é, um Deus de amor cujo desejo é o de se relacionar com a criação e compartilhar a vida com ela.

Bom queridos leitores, espero que tenham curtido o post e espero também que vocês corram para os braços do nosso Amado Pai, que está esperando com os braços abertos para te receber...

BjoO povo...

Shalom Yeshua

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá Princesa...
Obrigado pelo comentário que Deus continue te abençoando!

Palavrões e xingamentos não serão publicados no blog...

P.S: responderei aos comentários aqui no Princesa da Pureza ok...
bjoO
Shalom Yeshua...

Carta de Deus aos Solteiros