domingo, 5 de agosto de 2012

Mesmo sem entender - História de Ester


Olá Princesas a paz de Cristo.
Hoje quero compartilhar com vocês a respeito de uma linda lição que Papai me ensinou.

Meditando na história de Ester, Deus falou comigo sobre quando a gente não entende o que acontece em nossas vidas.
Por muitas vezes passamos por isso, não entendemos o porque de estarmos desempregadas, ou porque não conseguimos entrar na faculdade, porque as coisas na igreja não vão bem, porque problemas na família, porque ainda estamos solteiras e por aí vai.
São inúmeras as situações, daí você se pega perguntando em uma oração "Senhor, porquê? Porque tem que ser tão difícil? Eu não entendo."
Pois é queridas, todas passamos por isso, eu passava por isso há algumas semanas atrás, foi quando Papai começou a me ensinar nessa linda história.

Uma coisa que nunca podemos nos esquecer é que Deus é Soberano e por essa razão é detentor de todo o controle, independente do que esteja acontecendo em nossas vidas, Deus está no controle e se está acontecendo é porque Ele tem permitido.
Uma das coisas que me ajudaram a aceitar esse momento de minha vida foi compreender e reconhecer que Deus tem planos maiores e melhores que os meus.
 

Veja Ester, ela era apenas uma jovem moça que morava com seu primo. Mas um dia o rei Assuero precisou de uma nova esposa então ordenou pra que todas as moças formosas e virgens da fortaleza de Susã fossem trazia até o palácio, lá ele escolheria a mulher com quem iria se casar e tornar rainha.
Ester era linda e virgem, logo foi levada a força para o palácio.
Eu imagino que milhares de coisas tenham passado pela cabeça dela, eu acredito que ela sonhava com um marido que possuísse a mesma fé em Deus que ela tinha, imagino que ela deveria ter sonhado com uma família e agora ela se via numa situação totalmente inesperada. Se ela se deitasse com o rei e ele não gostasse dela, ela se tornaria uma de suas comcubinas e talvez nunca mais teria a companhia do rei. Talvez não poderia mais realizar seu sonho.
Eu acredito que Ester tenha ficado com medo, por meses ela poderia ver toda sua vida resumida a passar o resto de seus dias sem amor presa no palacio de um rei que tinha muitas outras mulheres.
E agora o que fazer?
Ester resolveu confiar, ela sabia muito bem que o Deus em quem ela cria é um Deus que realiza grandes propósitos mesmo que ela não pudesse enxergar saída.
E foi exatamente isso que Deus fez, tinha planos magníficos para Ester.
Ester se tornou rainha, não apenas por sua beleza mas também porque sua essencia havia conquistado o coração do rei Assuero, ela tinha um marido, tinha segurança e tinha amor.


Parece ótimo pra nós ver que Ester se saiu bem dessa situação. Mas como eu disse, Deus realiza coisas muito maiores do que podemos imaginar. Ester não estava ali apenas pra sustentar o status de rainha e sim para que o povo de Israel fosse salvo.


Hamã um inimigo mortal dos judeos, criou uma armadilha pra matar a todos os judeos, ele conseguiu criar uma lei que determinava o extermínio de todos os judeos, adultos, crianças, não ficaria nenhum de fora.
Ester era judia mas nunca tinha revelado a ninguém sua origem pois foi aconselhada por seu primo a manter sua origem em segredo, Mordecai sabia que dentro do palácio existia muitos inimigos dos judeos e por essa razão poderiam atentar contra a vida de Ester.
Quando o rei a fez rainha, ele não sabia que ela era judia, agora estava tudo acabado. O povo judeo tinha data e hora marcada para morrer.

 
O que fazer diante dessa situação? Mais uma vez Ester não entendia o que estava acontecendo.
Porque Deus permitiria tamanha atrocidade contra seu próprio povo?
Foi quando Mordecai pediu para Ester interceder diante do rei pelo seu povo, Ester no começo não queria fazer isso pois o rei há muitos dias não procurava Ester e pra entrar na presença do Rei Assuero, apenas com a permissão dele. Se alguém entrasse na presença do rei sem ser chamado poderia morrer a não ser que o rei estendesse seu cetro de ouro para que a pessoa que entrou sem ser chamada pegasse na ponta do cetro, significava que o rei perdoava aquela afronta e não mandaria a pessoa para morte.
Ester não queria ir pra presença do rei pois acreditava que ele havia se cansado dela, já que há muitos dias ele não a chamava.
Foi então que Mordecai disse a frase que foi o marco transformador na vida de Ester, ele disse:


"Não pense que pelo fato de estar no palácio do rei, de todos os judeus só você escapará,
pois, se você ficar calada nesta hora, socorro e livramento surgirão de outra parte para os judeus, mas você e a família de seu pai morrerão. Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha? " 
Ester 4:13-14 


Nossa, bela puxada de orelha em Ester não é mesmo?
Pois bem Ester compreendeu finalmente a razão dela ter sido levada a força para o palacio, a razão pelos anos de espera até finalmente se encontrar com o rei, a razão pela qual se tornou rainha. Ela era a ultima esperança de seu povo pra que eles pudessem ser salvos.
Então ela aceitou o desafio de entrar na presença do rei mesmo sem ser chamada. Ela disse o seguinte:


"Vá reunir todos os judeus que estão em Susã, e jejuem em meu favor. Não comam nem bebam durante três dias e três noites. Eu e minhas criadas jejuaremos como vocês. Depois disso irei ao rei, ainda que seja contra a lei. Se eu tiver que morrer, morrerei". 
Ester 4:16 


Vemos aí a manifestação da fé de Ester, ela não poderia simplesmente entrar na presença do rei sem estar preparada espiritualmente pra isso, durante três dias ela orou e jejuou junto de todo o povo e ao final desses dias, como o rei não havia chamado Ester, ela resolveu entrar em sua presença mesmo sem ser convidada, 
crendo em Deus de que o rei levantaria o cetro pra ela e a salvaria.
Foi Ester pra presença do rei Assuero, ao entrar sem ser convidada o rei ao invés de ficar bravo ou mandar mata-la, não só estendeu o cetro pra que polpassem a vida dela, como percebeu o quanto sentia falta de sua rainha.
Ester não apenas conquistou a chance de salvar seu povo como também pode ver seu relacionamento sendo restaurado, ela poderia ter o amor de seu rei de novo.
Ela foi prudente em todo tempo, pediu pra que o rei e Hamã (aquele que tramara a morte dos judeos) acompanhassem ela em um almoço no jardim do palácio, tiveram dois almoços até Ester revelar que era judia e que Hamã havia premeditado a morte de todos os judeos.
O rei na hora mandou matar a Hamã e seus filhos, mas ainda havia um problema, a lei não poderia ser revogada, uma vez sendo selada com o anel do rei, nem o proprio rei poderia voltar atrás, mas então ele deu total liberdade pra que Ester e seu primo Mordecai fizessem uma lei que ajudassem ao povo de Israel.


Vemos aí os propósitos grandiosos de Deus se cumprindo, agora Ester além de rainha e salvadora de seu povo, seria a primeira mulher da história a ter participação ativa na criação de uma lei coisa que somente homens faziam.
Eles criaram uma lei que dava ao povo o direito de se defender dos ataques do inimigo, e assim no dia 13 de Adar o povo de Israel viu seus inimigos sendo derrotados por eles mesmos.

Olha que lindo os propósitos de Deus.
Ester não entendia o porque dela ter ido ao palácio, mas através dela toda a seu povo foi salvo, através dela Deus protegeu seu povo.

É a mesma coisa com a gente, Deus tem propósitos que vão muito além do que nós sonhamos pra nós mesmos, por isso o fato de não compreender os caminhos de Deus não é motivo pra se preocupar e sim para vibrar pois Deus irá usar as nossas vidas para propósitos muito maiores e melhores.
E a benção de se confiar em Deus não virá apenas em nossas vidas, mas abençoarão as pessoas que estiverem ao nosso redor.
Olha o que aconteceu com Ester. Graças a obediência dela, o rei Asssuero conheceu o amor de verdade, Mordecai passou de um simples escrivão para primeiro conselheiro do rei e o povo de Israel pode se ver livre de seus inimigos.

Mesmo que a gente não entenda o porque coisas acontecem em nossas vidas, temos que nos lembrar que o nome de Deus será engradecido através dessa situação, até hoje o povo judeo celebra o dia em que foram libertos de seus inimigos, todo o dia 14 e 15 de março eles celebram a festa do Purim, lembrando que em um momento Deus usou uma simples jovem para salvar toda a sua nação.

O que devemos fazer é confiar em Deus pois o caminho dEle pode até ser confuso, mas tenham a certeza de que esse caminho nos conduzirá ao centro da boa, agradável e perfeita vontade de Deus.



Bom princesas é isso, não deixem de comentar ok ^^
Eu espero que essa mensagem traga paz aos seus corações assim como trouxe ao meu...


Lembrando sempre que se Papai está conosco, tudo ficará bem...


Tenham todas uma ótima semana e até o próximo post.


bjoO e Shalom Yeshua...


@bruuhporto


Carta de Deus aos Solteiros