sábado, 5 de junho de 2010


Olá meninas...
Hoje vim falar sobre um tema que muitos consideram polêmico, o namoro em corte...
Eu particularmente não vejo nada de polêmico, mas acho importante esclarecer algumas coisas sobre esse assunto...
A história do namoro em corte começa um tempo depois da época denominada na história como o feudalismo, quando começou a surgir a corte e os servos.
Nessa época os casamentos eram feitos por puro interesse, geralmente comercial entre os reis e rainhas, e como quitação de dívidas entre os servos. Ninguém casava por amor...
Mas como na maioria das vezes as mulheres sofriam por causa de um casamento arranjado surgiu então o namoro em corte. Já que até então os noivos só se conheciam no altar, o namoro em corte surgiu pra que os noivos se conhecessem antes do casamento pra ver se o casamento poderia dar certo, claro que não podia ter beijos, nem abraços, nem pegar na mão e os pais ficavam juntos pra garantir que nada aconteceria.
Históricamente o namoro em corte funcionava assim...
Hoje em dia esse assunto é muito comentado, principalmente no meio cristão, mas eu fico indignada em como as pessoas distorceram essa ideia. Alguns acham que beijar é pecado, algumas igrejas impõem o namoro em corte para seus jovens, alguns são completamente contra por dizer que o namoro em corte não está na bíblia ( o que não justifica já que o namoro "normal" também não está na bíblia).
Eu sou contra a todas essas ideias, acho que se é pra um casal viver o namoro em corte que seja por escolha do próprio casal e não por imposição de pastores ou pais e muito menos por pressão dos amigos.
O namoro em corte é mais uma maneira de namorar, eu particularmente acho lindo o namoro em corte, desejo ter um namoro assim, mas se não tiver um namoro em corte também não vou me sentir culpada por isso, acredito que quando Deus se faz presente no nosso relacionamento amoroso, o nosso namoro se torna santo independentemente de ser corte ou não.
Também acho um absurdo pessoas que afirmam que os outros só namoram em corte pra se aparecer, pra dizer que é mais santo, essa é uma maneira de afrontar o próximo e isso desagrada a Deus.
Seja qual for a maneira de namorar que você escolha, lembre-se que manter a santidade e uma vida de oração entre o casal é essencial pra ter um casamento abençoado.
Então antes de escolher viver ou não um namoro em corte, ore e peça pra que Deus lhe mostre a maneira como Ele deseja que você tenha um relacionamento amoroso, a vontade de Deus sempre deve prevalecer pra que possamos resistir as tentações e ter um relacionamento abençoador.
Busque de Deus o que Ele deseja pra sua vida amorosa e que seja como Ele desejar...

É isso meninas, não deixem de comentar e que Deus as conduza para a perfeita vontade dEle...
Beijos...

Fiquem na paz de Cristo!!!

5 comentários:

  1. Olá, estava "passeando" e descobri seu blog. Bom, eu adorei o post. Eu, particurlamente, acho o namoro em corte muito mais romantico do que o convencional hoje em dia (entendeu né?). Sou muito nova, eu acho, só tenho 14 anos e já é difícil encarar esse assunto na escola, pois nunca namorei nem fiquei, por isso minhas colegas ficam falando e falando até que isso enche! Oro muito para que Deus me ajude a passar por isso e esperar o meu "príncipe", o que Ele escolheu para mim. Ouve a música "Average Girl" da banda BarlowGirl (se é que vc não já conhece), diz exatamente (é, mais ou menos) sobre isso. Bjo e que Deus continue te abençoando, porque este é um assunto muito sério.

    ResponderExcluir
  2. Sem duvidas é muito importante falar sobre isso...
    Qualquer dia faço um post sobre esse assunto de ficar e namorar e como é difícil pra quem escolhe viver sem namorar ou ficar...
    Brigadinhu pelo comentário...

    bjoO

    ResponderExcluir
  3. Eu fico pensando em qual a diferença entre o amigo e o namorado para quem escolheu namorar em corte? Para mim, parece q o namorado é tratado da mesma forma q o amigo ou até com mais distanciamento, pq em alguns casos a garota abraça o amigo, mas não abraça o namorado. Eu não acho q um namorado deva ser tratado assim. Na real, eu não gosto da idéia, mas é minha opnião pessoal... eu prefiro q meu namorado tenha uma relação mais próxima a mim já q um dia moraremos juntos e tal... então eu prefiro já ir nos treinando...

    ResponderExcluir
  4. Olha em relação ao "beijo" em si, ele é o diferencial entre o namoro convencional e o "em corte", não corte com beijo, até porque ja foi provado cientificamente que o beijo é uma preparação para uma relação sexual, e não tem dessa, se você beija alguém e nao sente nada, procure um médico com certeza você tem um tipo de problema. Deus nos criou sensiveis, e certas sensações são provocadas por ações de nosso corpo, então não existe essa de dizer que o beijo é pecado ou não, a questão aqui é o que o beijo pode provocar, ocasionar, resultar, é melhor prevenir do que remediar, adotei a corte em meu namoro, so beijei minha esposa no altar, hoje somos abençoados, e temos a graça de sermos pastores de adolescentes, e ensinamos a corte, por entender que é possivel namorar sem defraudar o irmão, sem gerar em nosso corpo uma falsa expectativa de que algo as alem vai acontecer, pois é isso que acontece quando beijamos, o corpo do homem e mulher se prepara para relação, vemos isso claraente depois do casamento!
    Defendo a corte, porque entendo que não sou um super crente, apenas um jovem que decidiu adotar tal principio!
    Deus abençoe!
    Nem sei se posso opinar por ser homem... mas...

    Pr. Fábio Diniz

    ResponderExcluir
  5. Claro que pode opinar, aliás gostaria até de conhecer a sua história de corte, são poucas as histórias de corte que conheço e pra mim seria mto inspirador...

    Achei interessante a sua opinião, Deus te abençõe Pastor...

    Fique na paz!!!

    ResponderExcluir

Olá Princesa...
Obrigado pelo comentário que Deus continue te abençoando!

Palavrões e xingamentos não serão publicados no blog...

P.S: responderei aos comentários aqui no Princesa da Pureza ok...
bjoO
Shalom Yeshua...

Carta de Deus aos Solteiros